Dois bêbados, um de aproximadamente 50 anos e outro de uns 23, encontram-se em um bar, começam um papo animado e em poucos minutos parecem velhos amigos. Na hora de ir embora eles param em frente a uma casinha verde, em uma rua próxima e o bêbado mais velho diz:
— Ei, amigão esta é minha casa, quando quiser aparecer, pode chegar.
O mais novo retruca:
— Que é isso parceiro, essa casa é minha…
E começa uma discussão: é minha – não, é minha… No meio da briga aparece uma senhora na porta da casa e grita:
— Que coisa feia, hein! Pai e filho discutindo bêbados uma hora dessas!