O tempo era de racionamento no quartel, mas comeram um jiló escondido.
O sargento, irritado, reuniu a tropa de 300 homens e disse:
_ Vou dar uma chance a quem fez isso se entregar, e se a pessoa se entregar não será punida. Atenção, homens: quem comeu o jiló que dê um passo à frente!
299 soldados deram um passo, e só ficou um.
O sargento cobrou explicação:
– Por que só você não andou?
– É que eu sou o jiló – respondeu o soldado, desmunhecando.