Era uma vez um pardal que se cansou da vida rotineira da cidade grande e resolveu sair em busca de aventuras. Voou para uma região extremamente fria, ficando gelado até não poder mais voar e cair estatelado na neve.
Um urso o viu naquela situação, resolveu ajudá-lo e cagou em cima dele.
Ao sentir-se quente e confortável o pardal começou a cantar. Um pingüim ouviu o seu canto, foi até lá, retirou-o da merda e o comeu.
Morais da estória:
1 — Nem sempre aquele que caga em você é seu inimigo.
2 — Nem sempre aquele que tira você da merda é seu amigo.
3 — Desde que você se sinta quente e confortável, mesmo que esteja na merda, conserve o bico fechado.
4 – Se você estiver na merda, não cante!