O sujeito chega no balcão da companhia aérea para fazer o check-in, deposita duas malas enormes na esteira e ordena:
– Quero que essa mala vá pra Paris e esta outra para Tel-Aviv!
– Mas meu senhor – interpela a atendente, – isso não é possível. Além do mais a sua passagem é para Miami.
– Como não é possível? Foi exatamente isso o que vocês fizeram na semana passada!