Depois de dar a luz a um lindo bebê, a loira andava, estabanada, pelos corredores do hospital.
– O que você está fazendo aqui? – pergunta uma das enfermeiras – Você deveria estar no seu quarto, descansando!
– Eu queria uma lista telefônica! URGENTE! – diz a loira, aflita.
– Mas pra que você quer uma lista telefônica?
– Eu quero achar um nome pro meu bebê!
– Mas você não precisa fazer isso… – diz a enfermeira, muito paciente – Nós vamos lhe dar um livrinho com todos os nomes e seus significados…
– Você não tá entendendo, moça… O nome eu já tenho! Agora eu quero um sobrenome!