Na aula de pintura, o já tradicional doido pegou o pincel e pintou uma porta na parede. Depois, chegou pro médico e disse:
– Eh eh, olha só o que eu vou fazer…EI GALERA, VAMOS FUGIR, TEM UMA PORTA AQUI!!!
Os doidos iam correndo, trombavam na parede e esborrachavam no chão. O médico pensou: “Esse daí já deve estar bom, olha só o que ele fez”.
Aí o doido disse:
– Doutor, olha como esses caras são burros, não sabem que a chave está comigo.