Manoel morava em Portugal e Maria no Brasil.
Todas as vezes que ela queria ficar grávida ela pedia numa carta para o Manoel: “quero ficar grávida, mande esperma pelo correio”.
Manoel mandava e semanas depois vinha a carta “Estou grávida…”.
Depois de mais de 10 filhos, Manoel não agüentava mais, recebeu outra carta.
Nem pensou: misturou maizena, leite e tudo que encontrou pela frente e enviou pelo correio.
Semanas depois vinha a carta “Estou grávida…”.
– Criei o esperma científico! – grita feliz Manoel…