O surfista malhava, fazia jiu-jitsu e ainda por cima era campeão estadual de surfe. Naturalmente, era muito vaidoso. Um dia, ao se olhar no espelho, viu que suas partes íntimas estavam muito brancas.
Não combinavam com o belo bronzeado do resto do seu corpo. Então ele teve uma idéia. No dia seguinte, foi a uma praia remota, tirou o calção e se enterrou na areia, deixando apenas o respectivo pra fora. Nisso veio andando uma velha senhora que, ao se deparar com aquele estranho objeto na areia, falou, numa voz tremula:
– Quando eu tinha 20 anos, eu tinha medo dessa coisa. Quando eu tinha 40 anos, eu queria mais e mais dessa coisa. Quando eu tinha 60 anos, eu tinha que pagar pra ter essa coisa. E hoje que eu tenho 80, essa porra cresce em qualquer lugar!