Um padre convida a um rabino para jantar na casa dele. Quando se sentam à mesa, o rabino pergunta:
R – O que jantaremos hoje???
Ao que o padre responde:
P – Costelas de porco à espanhola!!!
O rabino, sem dizer nada, vê o padreco acabar com as costelas, cheio de voracidade, sem nada comer. Assim, acabado o jantar, o rabino cheio de fome diz para o padre que tem que ir embora. O padre, com um sorriso sarcastico, e vendo que o rabino não comeu nada, lhe disse:
P – Espero que tenha gostado do jantar!!!
Ao que o rabino responde:
R – Pois é, parecia muito gostoso, pena que, como sou judeu não pude comer nada…
E aí o padre fala:
P – É mesmo… por não comer porco, não sabe o que está perdendo…
Assim, passam os dias até que num desses, o rabino convida o padre para jantar. O padre aceitou sem problemas… Foi para a casa do rabino… Comeu, bebeu, conversou e se sentiu a vontade… por último, pensou que o rabino tivesse esquecido da sacanagem que lhe tivera feito. A final, o padre resolve que já é tarde e que tem que ir embora. Chegando à porta, o rabino disse:
R – Gostou do jantar?
P – Adorei!!!
R – Ainda bem…
Então o padre empreende o caminho… assim que andou três metros o rabino, num grito, lhe fala:
R – Padre!!! Dê minhas lembranças a sua esposa!!!
O padre, atônito, se vira e fala:
P – Uai!!! Você sabe que a gente não pode casar…
Ao que o rabino responde:
R – É mesmo… não sabem o estão perdendo!!!