Irmã Maria-Madalena acaba de morrer. Por engano, eis que ela chega no Inferno ao invés de subir ao Paraíso.
Ela vai até o guichê de reclamações onde a autorizam a ligar para São Pedro.
– Alô, São Pedro? Aqui é Irmão Maria-Madalena da Imaculada Conceição. São Pedro, creio que fizeram um erro lamentável! Estou aqui no Inferno, e eu nunca pequei na minha vida…
A freira continua a explicar a situação e acaba por convencer São Pedro que houve um erro. São Pedro garante que vai resolver o problema em 24 horas. No dia seguinte, a situação não evoluiu nada.
A pobre Maria-Madalena pede para ligar novamente. Com a voz cheia de preocupações, ela diz a São Pedro:
– Por favor, São Pedro, venha me pegar hoje mesmo. Marcaram uma orgia para hoje à noite e todo mundo tem que participar…
São Pedro a tranqüiliza:
– Não se preocupe, Maria-Madalena. Mandarei alguém pegá-la hoje mesmo. Prometido.
Mas São Pedro é meio desorganizado. Maria-Madalena é mais uma vez esquecida.
Então, naturalmente, no dia seguinte ele recebe nova chamada do Inferno. Já pressentindo que vai levar aquela bronca, ele tira o fone do gancho e escuta:
– Alô? Pedrinho? Aqui é a Madá. Só para te avisar… Esquece aquele negócio de mandar alguém, tá?