Fidel vai a um centro espírita e, na sessão, consegue conversar com a mãe morta:
– Mãe, no próximo ano eu ainda vou estar no poder?
– Sim, meu filho, vai.
– E o povo vai estar comigo?
– Não, vai estar comigo.