Num seminário de uma importante empresa fabricante de bebidas, encontraram-se o gaúcho, o mineiro, o carioca e o paulista.
Todas as noites, após as palestras eles jantavam juntos e, após o jantar, ficavam contando piadas.
Como o gaúcho era o mais tímido de todos e nunca tinha coragem de contar uma piada, os outros três começaram a contar apenas piadas de gaúcho.
E assim foi durante quase uma semana. O paulista, o mineiro e o carioca rachando o bico às custas do gaúcho, e ele sem dar um pio, sofrendo em silêncio.
No último dia ele resolveu se abrir:
– É que na semana passada peguei a minha mulher na cama com outro, tchê!
– Verdade? E o que você fez? – perguntou um deles.
– Botei ela e meu filho no carro e fui dirigindo a noite inteira até o Rio de Janeiro. Chegando lá, disse pra ela: “Desce! Porque aqui que é lugar de puta!”, depois continuei a viagem e fui até São Paulo. Chegando lá, disse para o meu filho: “Desce! Porque aqui que é terra de filho da puta!”, “E você, papai? Vai pra onde?”, perguntou meu filho. E eu respondi: “Vou para Minas, que é lugar de corno!”.