O Quinzinho era o melhor aluno da turma, até que um dia a professora pediu para os alunos fazerem uma redação sobre a lógica, toda a turma se pôs a escrever menos o Quinzinho, passado quinze minutos a professora foi falar com ele:
P: Então Quinzinho que se passa?
Q: Professora deixe-me!
Faltavam quinze minutos para acabar a aula e voltou a professora:
P: Então Quinzinho, não escreves nada?
Pelo que o Quinzinho respondeu:
Q: Professora, eu por palavras sei dizer o que é a lógica, mas não consigo escrever.
P: Então diz lá.
Q: A lógica… A lógica é… Por exemplo, eu moro num sexto andar, todos os dias antes de vir para a escola, eu toco nas campainhas do quinto, do quarto, terceiro, do segundo e do primeiro andar, quando vou almoçar toco nas campainhas do primeiro, do segundo, do terceiro do quarto e do quinto andar, quando venho à tarde toco nas campainhas do quinto, do quarto, do terceiro, do segundo e do primeiro andar, quando à noite volto para casa, eu toco nas campainhas do primeiro, do segundo, do terceiro, do quarto e do quinto andar, pela lógica Senhora Professora, eu devia ser o Quinzinho das Campainhas, mas não, é aquele filho da puta do sexto andar…