Eram dois irmãos gêmeos: um chamava-se KA e o outro KU. KA veio para o Brasil e deixou o KU na China, meses depois veio o KU.
Passeando uma tarde pelo Viaduto do Chá, KU encontrou e enamorou-se pela mãe da namorada do KA. O KA gostava da filha e o KU da mãe. Enquanto a filha alisava o cabelo do KA, a mãe alisava o cabelo do KU.
Certa vez foram fazer um visita ao Presidente da República. Ao descer do carro, um cisco entrou no olho do KU e quando o Presidente chegou, encontrou o KA tentando tirar o cisco do olho do KU.
O Presidente saiu com o KA e deixou o KU a disposição do Ministro. Ao fazer o seu discurso, KA estava bronqueado e acabou metendo a língua no KU. Aborrecido, KA volta para China e deixou o KU no Brasil. O Governo Chinês exigiu o retorno do KU, mas o KU não quis voltar e o Ministro estava em apuros para resolver se o Brasil manda o KU para a China ou se a China dá o KU para o Brasil.