Joãozinho foi visitar o primo recém-nascido. No caminho, sua mãe foi prevenindo:
– Seu primo nasceu sem orelhas. Não faça piadas a respeito, ou você vai ficar de castigo!
Joãozinho prometeu se comportar. No quarto ele olhou para o priminho sem orelhas, muito compenetrado, e falou assim para a tia:
– Estou rezando para que meu priminho tenha uma ótima visão.
A tia ficou encantada.
– Mas que menino mais atencioso! Preocupado com os olhos do priminho…
– É, porque se ele tiver que usar óculos está fudido!