Houve um terrível assassinato na favela de Primente Rível, no Rio de Janeiro e apenas uma pessoa foi testemunha. Como só acontece em piadas do Portal do Humor a testemunha não foi morta na hora e até ajudou a identificar o criminoso.
— Seu dotô! — disse o escrivão ao delegado — Esse sujeito tem um irmão gêmeo, “indêntico!” E agora, dotô?
Diante desse dilema o delegado mandou prender os dois irmãos até que fosse provado qual deles era o culpado.
E depois de dois meses de prisão, um dos irmãos engordou 20 quilos e o outro permaneceu com o mesmo peso. Então o delegado disse que já sabia quem era o culpado e liberou o irmão mais gordo.
Todos na delegacia ficaram intrigados com a decisão e o escrivão foi perguntar ao delegado:
— Dotô… Tô curioso… Por que o senhor liberou o gordo e deixou o magro no xadrez, Dotô?
— Muito simples! — respondeu o delegado — Eu me baseei na sabedoria popular…
— Não entendi nada! — respondeu o escrivão.
— Já ouviu falar na frase “O que não mata engorda”?