esconfiado de que a sua festa estava cheia de penetras, a certa altura da noite o anfitriãosobe numa cadeira e grita:
— Quem é convidado da noiva, por favor, para o lado direito!
Metade dos convidados se alojam do lado direito do sujeito.
— Agora, quem é convidado do noivo, por favor, fiquem ao meu lado esquerdo!
Um monte de gente se juntou do lado esquerdo do sujeito.
— E agora, vocês tratem de cair fora, cambada de vagabundos! Porque isso aqui é uma festa de aniversário!