O Bush, o Bin Laden e o Roberto Jefferson morreram e foram para o inferno.
Bush pediu ao diabo uma autorização para fazer uma ligação para os Estados Unidos, para saber como ficou o país depois da sua partida.
O diabo permitiu a chamada e Bush falou durante dois minutos.
Quando terminou, o diabo disse que a chamada custava três milhões de dólares.
O Bush fez um cheque e pagou.
Quando o Bin Laden soube, quis fazer o mesmo e ligou para o Afeganistão, mas conversou durante cinco minutos.
O diabo passou a conta, que foi de dez milhões de dólares, que foram pagos em ouro.
O Roberto Jefferson se assanhou e também quis ligar para o Brasil para ver como havia ficado o país e conversou por mais de três horas com os seus correligionários do PTB.
Quando desligou, o diabo disse que o preço da ligação era dois dólares.
O próprio Jefferson ficou bobo, depois das ligações anteriores que duraram muito menos tempo.
Sem entender nada, perguntou ao diabo porque custava tão pouco ligar para o Brasil?
O diabo respondeu:
— De inferno para inferno, a chamada é local.