Aquele cientista famoso estava a caminho de uma conferência quando o seu motorista comentou:
– Patrão, já ouvi tantas vezes o seu discurso que tenho certeza de que poderia fazê-lo no seu lugar, se o senhor ficasse doente.
– Isso é impossível!
– Quer apostar?!
E fizeram a aposta! Trocaram de roupa, e quando chegaram no local da conferência o motorista foi para a Tribuna enquanto o cientista instalou-se na última fila.
Depois da palestra, começou a sessão de perguntas, que ele respondeu com precisão. No entanto, em certo momento, levantou-se um sujeito que apresentou uma questão dificílima.
Longe de entrar em pânico, ele saiu-se com esta:
– Meu jovem, essa pergunta é tão fácil… mas, tão fácil… que vou pedir para o meu motorista responder!