Denis e Daralho eram dois amigos que sempre contaram vantagem de quem era mais comedor. Desde as namoradas da escola eles competiam, se gabavam e sempre tiveram um desempenho parecido.
Certa vez, quando os dois já tinham uns 25 anos, viajaram com suas respectivas namoradas e ficaram hospedados em um hotel, em quartos lado a lado.
— Vamos ver quem consegue transar mais vezes? — sugeriu Denis.
— Boa idéia! — comemorou Daralho — Hoje a gente vai ver quem é o mais comedor!
— Mas peraí! — interrompeu Denis — Como é que nós vamos acompanhar a contagem? Eu estou em um quarto e você em outro!
— Já sei! — disse Daralho — Cada vez que a gente acabar de dar uma a gente grita “Goooooool!” Assim o outro fica sabendo!
— Combinado! — comemorou Denis, correndo para o quarto.
Depois de uns 15 minutos, Denis já grita eufórico: “Goooooool” e, depois de mais meia hora, “Gooooooooool” novamente. No intervalo da segunda para a terceira ele fica pensativo. Daralho ainda não tinha gritado “Gol” nenhuma vez! Então ele vai ver o que aconteceu. Quando ele vai bater na porta do quarto do amigo, vê um bilhete pregado:
“Jogo adiado. Campo encharcado. Neste momento estou fazendo embaixadinhas no vestiário.”