As duas amigas se encontram:
– Oi, Teresa, como vai?
– Ih, minha querida, estou muito mal! Acabei de descobrir que tenho uma doença incurável.
– Meu Deus!
– E o pior… só tenho mais alguns dias de vida!
– Ah, coitada! – e depois de refletir alguns segundos: – Já sei, vou te ajudar!
– Como?
– Vou mandar o meu marido passar esses dias com você!
– Por quê?
– Com ele, esses dias vão parecer uma eternidade!