O cacique da tribo, convidado para participar de uma reunião da Funai, viaja para a cidade, de ônibus.
A certa altura da viagem, vira-se para um de seus ajudantes e diz:
– Cacique com sede! Cacique quer água!
O ajudante pegou uma caneca de dentro de uma mochila, foi para o banheiro do ônibus e logo voltou com ela cheia de água.
O cacique bebeu com sofreguidão e tornou a lhe estender a caneca:
– Cacique ainda com sede! Cacique quer mais água!
O ajudante tornou a buscar a água.
– Cacique quer mais água!
O ajudante pega a caneca novamente, mas logo volta com ela vazia.
– Que houve? Não tem mais água? – pergunta o Cacique, irritado.
– Tem sim… mas agora tem um cara-pálida sentado no poço.