Manoel entrou no mercado e pegou vinte rolos de papel higiênico.
Na hora de pagar, o caixa perguntou:
— É pra embrulhar?
E o portuga:
— Não, é pra limpar o cu mesmo.