Num campeonato de arco e flecha nos Estados Unidos havia três finalistas: um inglês, um brasileiro e um português.
Eles tinham que acertar uma maçã na cabeça de um de seus filhos.
Chegou o inglês à 10 metros, atirou, acertou o alvo na cabeça de seu filho e gritou:
– I’m Robin Hood!
Chegou o brasileiro à 20 metros, atirou, acertou o alvo na cabeça de seu filho e gritou:
– I’m Guilherme Tell!
Daí, o português colocou a maçã na cabeça do filho, a 30 metros, atirou, acertou bem no meio da testa do filho e gritou:
– I’m sorry!