Manoel estava passeando com um amigo brasileiro até que de repente tropeçou em uma lâmpada mágica. De dentro dela, saiu um gênio muito impaciente, que disse:
– Eu vou dar três ovos pra cada um de vocês! Quando vocês decidirem os seus três desejos, é só quebrá-los e eles se realizarão! Fui…
Os dois ficaram surpresos vendo o gênio sumir, mas levaram os ovos para casa. O brasileiro chegou em casa e já foi quebrando os três de uma vez.
– Eu quero muito dinheiro, mulheres e um carrão! – pediu ele. Logo apareceu dinheiro por todas as partes da casa, mulheres nuas no sofá e na cama e uma Ferrari vermelha na garagem.
Então ele juntou um pouco de dinheiro, pegou a Ferrari, colocou a mulher mais gostosa do seu lado e correu pra casa do seu amigo Manoel. Chegando lá, ele encontrou o português sentado no sofá, cabisbaixo e exclamou:
– Pô, Manuel, o que houve? Cadê as mulheres? Cadê o dinheiro?
– Ah, eu cheguei em casa e coloquei os ovos na geladeira até decidir o que eu queria pedir! Quando enfim tomei a primeira decisão, o ovo escorregou da minha mão e eu gritei “Cacete!”. Logo apareceram cacetes e mais cacetes por todas as partes da minha casa. Então eu nem tive tempo de pensar, peguei o segundo ovo e gritei “Que sumam todos os cacetes!”.
– Tá bom, mas sobrou um ovo! – gritou o brasileiro, desesperado – O que você desejou com o terceiro ovo, homem de Deus?
– Ah, eu tive que gastá-lo pra pedir o meu cacete de volta!