O português vinha que nem louco andando pela contra-mão. Até que um guarda de trânsito o parou:
— Onde o senhor pensa que está indo?
— Ora pois, seu guarda. Eu estava indo para uma festa, mas acho que mudei de idéia. Já está todo mundo voltando!