Tinha que ser nos EUA…
Depois dizem que há limites para a estupidez humana!
Dêem um “look” nas “mimosas” instruções existentes nos
rótulos de alguns produtos no mundo:(são reais!)
Num secador de cabelos da Sears:
“Não use quando estiver dormindo.”
Num saquinho de Fritas:
“Você pode ser o vencedor! Não é necessário comprar.
Detalhes dentro.”
Numa barra de sabonete Dial:
Use como um sabonete normal. (E como poderia ser???)
Numa refeição congelada da Swanson:
“Sugestão de servir: descongele.”
Numa touca de banho de hotel:
“ajusta-se a uma cabeça.”
Impresso no fundo, embaixo, de uma sobremesa tiramisu
do Tesco:
“Não vire de ponta cabeça.”
Num pudim da Marks & spencer:
“O produto estará quente depois de aquecido.”
Na embalagem de um ferro de passar Rowenta:
“Não passe roupas no corpo.”
Num remédio infantil da Boot’s Children:
“Não opere maquinas ou dirija.”
Numa fileira de luzes de Natal chinesas:
Somente para uso dentro ou fora de casa. (Ah, bom! Não
e para usar no espaço sideral…)
Num processador de comidas japonês:
“Não é para ser usado para o outro uso.”
Num saquinho de amendoins da Sainbury’s:
“AVISO: Contém amendoins.”
Num saquinho de amendoins da American Airlines:
“Instruções: abra o saquinho, coma os amendoins.”
Numa moto-serra sueca:
“Não tente parar a serra com as mãos ou genitais. (O
que é isto!? Um kit doméstico de castração???)
Numa fantasia infantil de Super-Homem:
“O uso destes trajes não o torna apto a voar. (Olhe
como isso destrói a imaginação da criança!).
Embaixo de uma cadeira comum de escritório:
“Atenção, usar este produto, uma pessoa por vez.”