Em um campo de golfe, uma mulher dispara uma violenta tacada e percebe que a bolinha acertou em cheio um homem próximo. Este curva-se para a frente, comprimindo as mãos no meio das pernas e gemendo com muita dor.
-Senhor, desculpe, posso ajudá-lo?
-Não, não, pode deixar…
-Mas eu insisto, sou massagista e sei como cuidar disso.
-Não, não é preciso, eu…
-Mas eu insisto!- e já abriu as calças do homem, colocando as mãos e massageando carinhossamente.
Dez minutos depois o homem já estava suspirando de sastifação.
-Está bom?-ela pergunta.
-Está ótimo, a senhora é profissional mesmo, mas é meu meu dedinho da mão direita que está quebrado…