Sexta-feira, Valdir chega tarde do trabalho estressado, louco pra dar uma boa trepada e encontra sua mulher dormindo. Rapidamente ele pega duas Aspirinas e coloca, com cuidado, na boca dela.
Depois de alguns segundos ela engasga com os comprimidos e acorda indignada.
— O que você colocou na minha boca, homem de Deus?
— São duas Aspirinas — responde ele, calmamente.
E ela, aos berros:
— Mas eu não estou com dor de cabeça!!!
— Ah, era isso que eu queria escutar…