Porque é que a Internet se parece com uma vagina
1. Quantos mais a usam, maior fica.
2. É difícil acredita nalgumas coisas que pessoas lá põem.
3. Alguns pensam que sabem se orientar por lá, mas raramente interagem com sucesso.
4. Num passado distante o seu único propósito era receber informação vital para a sobrevivência da espécie humana. Algumas pessoas ainda pensam que devia ser usada assim, mas a maioria usa-a a maior parte do tempo como divertimento.
5. Proporciona uma forma de interagir com outras pessoas. Alguns levam esta interacção muito a sério, mas outros levam-na como uma brincadeira. Por vezes é difícil saber qual o tipo de pessoa com que te estás a envolver até ser tarde demais.
6. Se não aplicares as correctas medidas de protecção pode espalhar vírus.
7. Pensas que estas apenas a brincar e podes-te ver envolvido em algo que pode levar 9 meses a acabar.
8. Aquilo que vês é apenas a parte da frente de um sistema muito complicado.
9. Se não tiveres cuidado com o que fazes com ela podes meter-te em grandes sarilhos.
10. Tem o seu próprio calendário. De alguma forma, por melhores que sejam as tuas intenções, ela deturpa o teu comportamento. Mais tarde acabas por perguntar a ti mesmo: “Porque raio é que eu fiz aquilo?”.
11. Alguns têm-na outros não.
12. Aqueles que a têm pensam que os que a não têm são de alguma forma inferiores.
13. Aqueles que a não têm concordam que é um brinquedo engraçado, mas pensam não vale o “estardalhaço” que aqueles que a têm fazem sobre ela. Ainda assim, muitos daqueles que a não têm passam todo o seu tempo a tentar aceder-lhe.
14. Assim que começas a brincar com ela é difícil parar. Alguns passariam todo o dia a brincar com ela se não tivessem de trabalhar.
15. Alguns acreditam na necessidade de segurança e que deve ser evitada a penetração do sistema por estranhos. Outros acreditam que o sistema deve ser aberto a todos os que o quiserem usar.
16. Ambas são sujeitas a abusos por parte de utilizadores mal intencionados.