O cara tem uma vizinha pintora que é a maior gostosa. Ele sempre tenta chamar a atenção da moça, mas nunca consegue nada.
Um dia ele tem uma brilhante idéia: veste um escandaloso terno vermelho, uma camisa azul berrante e uma gravata amarelo-ovo chocante.
— Ela vai me olhar e dizer “Nossa! Que cores maravilhosas!” — diz ele, se olhando no espelho — Aí eu puxo conversa, chamo ela pra almoçar lá em casa, abro uma garrafa de vinho, depois outra aí a gente conversa mais um pouco, fica mais tarde, eu ligo o aquecedor, a gente fica bem pertinho um do outro eu pego na mão dela e dou um beijo… Depois a gente vai pra cama e rola uma longa noite de loucuras!
— Então ele sai de casa ansiosíssimo, passa em frente à casa da vizinha, ela olha pras roupas dele e diz:
— Nossa! Que colorido incrível!
— Gostou? — diz ele e emenda — E aí, quer transar?