Ricardinho! Tira o meu sapato! — disse a garota, no quarto.
E ele tirou.
— Ricardinho! Tira minha blusa!
E ele tirou.
— Ricardinho! Tira minha saia!
E ele também tirou.
— Ricardinho! Tira a minha calcinha…
E ele obedeceu.
— Agora, Rocardinho… É a última vez que eu te digo… Pára de usar as minhas roupas, porra!