O cara está viajando de trem e, como é muito azarado, divide a cabine com uma mulher feia e tagarela.
— Viagem longa, né? — diz ela, pra puxar conversa.
— É… — responde o cara, interessadíssimo.
— Ai, ai… Que tal se a gente fingisse que é casado, pra se distrair um pouco, hein!
E o cara:
— Ótima idéia! Eu falo “Boa noite”, você responde “Boa noite”, depois cada um vira pra um lado e dorme!