Joãozinho! – grita a professora, quando o garoto entra na sala – Por que você não veio à aula ontem?
– É que uma abelha me picou, fessora!
– Ah, é? Onde?
– Não posso falar, fessora!
– Tá bom! Então vá sentar!
– Também não posso, fessora!