No café da manhã, Joãozinho pergunta pra mãe:
— Manhê! Coração tem perna?
— Que é isso, menino? Ficou louco?
— Olha lá, hein mãe… Tem certeza que não tem?
— Claro, filho… Quem foi que falou isso pra você?
— Foi o papai!
— Eu? — interrompeu o pai, de boca cheia — Quando é que você me viu falando isso?
— Ontem à noite! Eu passei na frente do seu quarto e vi você falando: “Abre as pernas, coração!”