O menininho safadinho pergunta para a menininha:
– Posso colocar meu dedinho no seu umbiguinho?
– Pode… êpa! Mas aí não é meu umbiguinho!
– Nem esse é meu dedinho!