O marido e a mulher foram ao hospital para ter um bebê.
Chegando lá, o médico disse que tinha inventado uma máquina que dividiria as dores do parto com o pai da criança.
Perguntando se eles queriam experimentar o novo invento, de pronto obteve aceitação do casal.
O médico regulou a máquina para transferir somente 10% da dor para o pai, dizendo que seria o bastante, pois sendo um homem ele não conseguirira suportar mais do que isso.
A mulher começou o trabalho de parto e o marido estava se se entindo muito bem.
Assim resolveram aumentar a taxa de dor para 20%, e o marido continuava bem.
O médico, intrigado, mediu a pressão, conferiu o coração e tudo estava normal. Assim, resolveu ir aos 50%.
Depois de um tempo, o bebê estava quase nascendo e, como o marido continuava bem, resolveram transferir a dor do parto 100% para o marido e proporcionar a mulher um parto sem dor.
Dessa forma, a mulher teve o bebê super tranqüila.
Ela e o marido estavam muito felizes.
Ao chegarem em casa, encontraram o vizinho morto na varanda!