Paiê, ano que vem você não precisa gastar nadinha para comprar meus livros.
– É mesmo Joãozinho? Porquê?- pergunta o pai todo alegre.
– É que eu repeti de ano!