O sujeito chega ao médico reclamando de fortes dores de cabeça.
– O senhor bebe? – pergunta-lhe o médico.
– Nunca pus uma gota de álcool na boca, doutor!
– O senhor fuma?
– Também nunca fumei. Odeio o cheiro de cigarro!
– Alguma extravagância sexual?
– Sexo? Nem brinca doutor, sou evangélico. Sexo, só para procriação!
– E a alimentação?
– Só como verduras e frutas.
– Bem, então só pode ser uma coisa: vai ver que a tua auréola está muito apertada!