A garota fez de tudo para se aproximar do cara mais bonito da escola. Depois de muita manha, armação e suborno, ficou cara a cara com ele na aula de Química. Jogou o cabelo pro lado e deu aquela encarada fatal no garanhão.
O rapaz olhou lá no fundo dos olhos da moça e perguntou, com aquele tom de galã:
– Você tem telefone?
A moça quase caiu pra trás de emoção.
– Tenho sim. – respondeu ela, com voz de gata no cio.
E o rapaz, implacável:
– Então, por que você não vende e faz uma plástica?