O velhinho está no ponto do ônibus, apoiado na sua bengala. No ponto também está um senhor com uma dúzia de filhos. Chega o ônibus, e osgarotos sobem primeiro e tomam todos os lugares vagos, obrigando ovelhinho a ficar em pé. De repente, o ônibus dá uma brecada e ovelhinho é jogado para frente do ônibus. Ele se levanta frustrado, evolta para o lugar em que estava, de pé, perto do cobrador. Mas oônibus dá outra brecada e, mesmo com a bengala, o velhinho acabasendo jogado para frente do ônibus. O pai dos doze moleques lhe diz:
– Se o senhor tivesse uma borracha na ponta de sua bengala, não teriacaído duas vezes…
E o velhinho responde:
– Certo. Mas se o senhor tivesse colocado uma borracha na ponta da sua, eu poderia estar sentado agora!