O gaúcho vai ao médico com o rabo todo estourado.
– Sabe o que é, doutor? – ele começa a se explicar. – Ontem de manhã eu fui apanhar uma goiaba de uma árvore, escorreguei e caí sentado bem em cima de um toco.
O doutor o examina e conclui:
– Isso não é estrago de toco não, isso foi é pica!
– Báh tchê! O doutor ‘tá me estranhando? Eu não lhe disse? Foi um toco!
– Não senhor! Eu conheço bem! O senhor leva esse remédio… ele é ótimo para curar estrago de pica.
– Que é isso, doutor? O senhor me dê um remédio pra estrago de toco!
– Tá bom! Eu vou te dar remédio pra toco, mas se for pica você pode morrer!
– Então, está bem, doutor! Eu não vou ficar mais discutindo com o senhor, dá logo esse remédio pra pica, mesmo! Mas que foi toco, foi toco!