O Fernando Henrique vai na festa do 145o. aniversário do Roberto Marinho. Mas ao chegar na entrada da supermansão, percebeu que tinha esquecido a sua carteira.
– Desculpe, mas sem convite não posso deixá-lo entrar – alegou o porteiro, todo educado.
– Mas, eu sou o Fernando Henrique Cardoso, sociólogo e presidente da República!
– Então, me mostre seus documentos!
– É que também não tenho documentos, esqueci a minha carteira!
– Desculpe-me, mas não vou poder deixar o senhor entrar!
– O que é isso? O senhor nunca me viu na TV? Olha bem para a minha cara!
– De fato, o senhor é muito parecido com o presidente, mas sabe como é… existem muitos sósias seu por aí… o senhor vai ter de provar que é o senhor mesmo!
– Mas o que você quer que eu faça?
– Não sei! O Pelé também se esqueceu dos documentos, aí eu lhe dei uma bola de futebol e ele fez uma demonstração que logo me convenceu. O Oscar também esqueceu os documentos e eu lhe dei uma bola de basquete e ele fez uma demonstração e provou que era o grande Oscar.
– Pô, mas eu não sei fazer nada!
– Ok! Pode entrar!