O ônibus carregado de turistas para diante de uma Igreja famosa.
Enquanto a maioria entra na capela, um deles, desesperadamente apertado, vai para o confessionário.
Vendo aquilo, o vigário coloca os paramentos e entra do outro lado para ministrar-lhe a confissão.
– Bom dia, meu filho!
– Bom dia. Me diz uma coisa, aí do seu lado tem papel?