– Puxa, vovó, quanta ruga a senhora tem no rosto! – observa Joãozinho quando recebe um beijo da mãe de sua progenitora.
– Pois é, meu filho!
– E elas não doem?
– Só quando eu me olho no espelho!