Quatro amigos encontram-se em uma festa após 30 anos sem se verem.
Alguns drinques, bate-papo e um deles resolve ir ao banheiro. Os que ficaram resolveram falar dos filhos.
O primeiro falou:
– Meu filho é meu orgulho. Começou a trabalhar como oficce-boy em uma empresa, estudou administração, foi promovido a gerente e hoje ele é o Presidente da empresa. Ficou tão rico que no aniversário de um amigo dele, ele deu um carro de presente.
O outro disse:
– Que beleza! Meu filho também é um orgulho para mim! Começou trabalhando como entregador de passagens, estudou e formou-se piloto. Foi trabalhar numa grande empresa aérea, resolveu entrar de sócio na empresa e hoje ele é o dono. Ficou tão rico que resolveu dar um avião de presente de aniversário a um grande amigo dele por esses dias.
O terceiro falou:
– Nossa! Parabéns! Também estou orgulhoso do meu filho que formou-se em Engenharia e abriu uma construtora que hoje é um sucesso. Ficou tão rico, que, recentemente deu um apartamento a um amigo dele que estava aniversariando. O amigo que tinha ido ao banheiro voltou e perguntou:
Qual era o assunto?
– Estamos falando do grande orgulho que temos dos nossos filhos. E o seu? O que ele faz?
– Meu filho não é propriamente um grande orgulho… Ele é vagabundo, anda com tudo quanto é viado, trabalha como Garoto de Programa, mas devo admitir que é um grande sortudo e muito esperto. Sabe que ele fez aniversário outro dia e ganhou dos bichas que ele anda comendo 1 apartamento, 1 avião e 1 carro.