Certo dia um eleitor vai visitar seu deputado na Câmara. Lá chegando, é recebido por um assessor do deputado, que o cumprimenta efusivamente e o encaminha para a sala do chefe. Ao entrar na sala ele percebe que seu relógio havia sumido, então ele fala para o deputado:
– O senhor, me desculpe mas me parece que seu assessor pegou meu relogio quando me cumprimentou.
O deputado, sem dizer uma palavra sai da sala, e pouco depois volta com o relógio. O eleitor agradece e meio, sem jeito, diz:
– Deputado, lamento o ocorrido. Seu assessor deve ter ficado bem constrangido quando o senhor pegou o relógio de volta, não?
E o deputado responde:
– Imagina! Ele nem percebeu!