Era a primeira missa do novo padre da paróquia, e este estava tão nervoso ao ponto de quase nem conseguir falar. Decidiu então, falar com o Arcebispo, que aconselhou-lhe a pingar algumas gotas de vodka na água, pois desta forma, ficaria mais relaxado…
Antes de iniciar o sermão, o padre lembrou-se do conselho do arcebispo e sentiu-se imensamente bem, crente que poderia falar até debaixo da pior das tempestades…
No dia seguinte ao sermão, o Padre vai a notória da igreja e encontra um recado do Arcebispo:
“Querido Padre,
Depois de assistir ao sermão, gostaria de destacar alguns pontos:
-Não se coloca limão e açúcar na borda do cálice;
-O manto da imagem de Nossa Senhora não deve ser usado como guardanapo;
-Não nos referimos a cruz como “aquele T grande”;
-Os discípulos eram 12, e não 10. Os mandamentos sim eram 10, não 12;
-Não nos referimos a nosso Salvador Jesus Cristo e seus discípulos como JC E SUA BANDA.
-O papa é sagrado, e não CASTRADO. E não nos referimos a ele como PADRINHO;
-Davi usou o estilingue para matar Golias, e não para foder o cu dele.
-Não nos referimos a Judas como FILHO DA PUTA;
– O pai, o filho e o Espírito Santo não são O VELHO, O JÚNIOR E O APARECIDO;
-Os pecadores quando morrerem vão para o inferno, não para a PUTA-QUE-O-PARIU.
PS: DA PRÓXIMA VEZ, EXPERIMENTE COLOCAR GOTAS DE VODKA NA ÁGUA, E NÃO GOTAS DE ÁGUA NA VODKA.
Atenciosamente,
O Arcebispo