Seu Clemente foi morar com a esposa e os filhos em uma grande cidade. Odiava trabalhar c/ a terra e animais e resolveu mudar de vida. Tudo ia muito bem até que chegou em casa e encontrou um gato em cima do sofá. Imediatamente chutou o “bichano” e falou p/ esposa:
– Que diabos é isso aí Maria???? Já não te disse que não quero mais saber de animais dentro de casa???
– Mas beeemmmm… É só um gato… Que mal tem???
– Não quero animal de tipo nenhum. E não se fala mais nisso.
Depois de vários dias o gato continuava lá e seu clemente resoveu livrar-se do bicho de uma vez por todas. Saíu p/ trabalhar e colocou o gato no porta-malas do carro. Depois de rodar várias quadras, soltou o gato na calçada e continuou sua jornada.
A noite, ao voltar do trabalho, adivinhem quem esperava na porta??? Isso mesmo… O Gato!!!! rsrs
No dia seguinte colocou novamente o gato no porta-malas do veículo e rodou vários quilômetros… Largou o gato num terreno abandonado… e foi para o trabalho. Depois do expediente, retornou para o lar e…. estava lá… de banho tomado e tudo mais… o Gato… no colo da esposa… rsrs… Enlouquecido o seu Clemente articulou um plano… nem dormiu a noite… Na manhã seguinte, pegou o bicho, vendou-lhe os olhos, amarrou as patas, colocou o dito cujo dentre deum saco preto, e este saco dentro de outro, amarrou bem, colocou no porta-malas do carro, e saíu… Rodou muitos km com o gato no porta-malas, deu cavalo-de-pau, rodou várias quadras na marcha ré (para desorientar o bichano), rodou por becos, ruelas, terrenos acidentados, enfim, rodou pra caramba… Largou o gato num bosque e saíu em disparada… Rodou por caminhos aleatórios (vai que o gato estava seguindo)… E resolveu ir para o trabalho… Rodou… Rodou… e depois de umas duas horas… parou num orelhão e ligou para a sua casa:
– Meu bem… sou eu. – disse Clemente.
– Que foi amor? Está tudo bem???
– Sim. Tudo bem. Me diz uma coisa… O gato está aí????
– Está sim amor. Acabou de chegar. Acho que passeou bastante. está super cansado… tadinho….
Seu Clemente suspira…. e diz:
– Amor. Faz o seguinte. Traz o safado do Gato até o Km 85 da BR 957, em frente a uma garagem de automóvel… Porque eu me perdi no trajeto e não consigo mais encontrar o caminho de casa…