O cara liga pra casa numa tarde para saber o que a esposa vai fazer para o jantar.
– Alô? – diz uma vozinha de criança.
– Oi, querida, é o papai. Mamãe está perto do telefone?
– Não, papai. Ela está lá em cima no quarto com o tio Chico.
Após alguns segundos, o cara diz:
-Mas querida, você não tem um tio chamado Chico!
– Sim, eu tenho! E ele está lá em cima no quarto com a mamãe.
– Tá bom, então quero que você faça o seguinte: suba correndo as escadas, bata na porta do quarto e grite para a mamãe e para o tio Chico que meu carro acabou de parar na frente de casa.
– Tá legal, papai.
Alguns minutos depois, volta a menina:
– Eu fiz o que você disse, papai.
– E o que aconteceu?
– A mamãe pulou da cama pelada e começou a correr pelo quarto gritando, tropeçou no tapete e caiu pela janela da frente, e agora ela está morta…
– Oh, meu Deus! E o tio Chico?
– Ele pulou da cama pelado também, estava muito assustado, e pulou pela janela do fundo para dentro da piscina, mas ele deve ter esquecido que você esvaziou piscina na semana passada para limpar, daí ele bateu a cabeça no fundo dela, e agora está lá, morto também…
Uma longa pausa e o cara diz:
– Piscina? Por acaso O telefone dai é 3333-3333?
– Não!
– Desculpe, foi engano!